Dia 07 de maio: Aniversário de José Carlos Araújo

Como andei afastada por não "bloguear" por estes dias por conta da faculdade, não deu para para fazer uma HOMENAGEM digna a um HOMEM da comunicação, que tive O PRAZER DE CONHECER pessoalmente, quando fui à Rádio Globo, no final do mês de abril deste ano. Este HOMEM que quero descrever é o SÍMBOLO das gerações de narradores esportivos que embalam o meu, nosso e vosso imaginários: José Carlos Lopes de Araújo. Muitos o chamam de Garotinho, mas por ser um HOMEM íntegro, eu, pessoalmente, por mais que seja seu apelido na "latinha", não consigo nomeá-lo de Garotinho, por ter um homônimo igual a um certo político,COMPLETAMENTE diferente do hours-concours José Carlos Araújo. Só o chamo de Zé. Desculpe-me pela "licença poética".

A "SUDERJ INFORMA":

O cidadão José Carlos Araújo nasceu em 07 de maio de 1950. 1950, o ano da inauguração do palco maior do futebol: O estádio Jornalista Mário Filho, localizado no bairro do Maracanã, Zona Norte do Rio de Janeiro.

Seu time de coração é o Fluminense Football Club. Estudou no belo Colégio Pedro II, o principal no Centro do Rj. Se formou como professor de geografia, mas seu AMOR pelo rádio falou mais alto. No gol de Pelé, o milésimo, José Carlos era repórter de campo, enquanto Waldir Amaral, o "indivíduo competente", locutava o gol histórico de pênalti no Maracanã em 1969, do Santos sobre o Vasco da Gama pela Rádio Globo.

Em 1977, José Carlos foi para a QUERIDA RÁDIO NACIONAL e comandou a bela equipe com Denis Meneses, Januário de Oliveira, Washigton Rodrigues, Eraldo Leite, Sérgio Américo e outros. Ah, quem se lembra dentro às interceções dos bordões da RÁDIO NACIONAL, tinha os oferecimentos de Francisco Xavier Imóveis e da Caixa Econômica Federal. Que saudades do passado, hein?!

Em dezembro 1984, volta para a Rádio Globo e até hoje, graças ao bom Deus, comandando às massas inteligentes e corações populares, aos 58 anos de idade, com um gogó de um menino feliz com um coração de ouro que tem dentro de si.

Parabéns, Zé. Você merece pelo que representa no rádio esportivo carioca e brasileiro e pela pessoa querida que conheci pessoalmente.

E...

"vai mais/ vai mais/vai mais Garotinho... Golão/ Golão Golão ."

Um abraço,
Isabela Guedes.

mariaisabelaguedes@gmail.com
__________________________

Ps: Como ainda não coloquei os áudios que tenho via k-7 gravados por mim pela Rádio Nacional, pelos programas Era Uma Vez no Futebol, agora com a apresentação do competente radialista Mário Silva, "o que não esconde o jogo" e também No Mundo da Bola, comandado pelo "locutor de todos os esportes", o Carlos Borges, pegarei via Youtube um vídeo com a locução do José Carlos Araújo, no gol histórico de Cocada pelo score de 1 a 0 para o Vasco, aos 43 minutos e meio do segundo tempo entre Fla e Vasco em 1988, portanto, há 20 anos atrás. RECORDAR É VIVER "Num" Balancê Sensacional"!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entrevista com o locutor Sérgio Moraes- "Dos Pampas aos Seringais"

Humor no Rádio Esportivo Carioca- Uma deliciosa crônica do GRANDE Roberto Porto