Edição Especial-Bangu Atlético Clube 108 anos

Caros, rádio-nautas,

é com muita satisfação que eu faço este post especial. Há 108 anos atrás, surgia no cenário futebolístico, um ariano teimoso e tinhoso para alegrar a uma NAÇÃO. Oriundo de um bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro, surgiu em 17 de abril de 1904, o GIGANTE Bangu Athletic Club.

Há 12 anos, em 2000, antes de me tornar jornalista, fiz um site mambembe em homenagem ao clube chamado Mulatinhos Rosados e depois Mulatinhos Rosados Net. Embora não tivesse a experiência de um banco escolar pela faculdade, o site me proporcionou alguma projeção, digamos assim. Hoje em dia, às vezes penso em reativar com um blog ou um site, mas pela vida corrida que ando tendo, até o Blog do Rádio Carioca, fica de "escanteio".

Decorridos 1 centenário e mais 8 anos, o Bangu, sim, ele mesmo, que esteve, ou sei lá, está no "limbo" do esquecimento da grande mídia, em decorrência das má administrações que o Bangu teve. Sempre "bato o pé" quando me refiro que o Bangu é um GIGANTE ADORMECIDO. A história operária do clube(Fábrica de Tecidos Bangu), se mistura com a história do próprio bairro Bangu, com as suas ruas planejadas. O Bangu, na sua construção enquanto entidade, sempre teve mecenas, alguém que tivesse que ajudar, pois nunca teve, ou nunca soube "caminhar com as suas próprias pernas"( gestões interna e externa coerentes, contratar bons treinadores jogadores e ter, quem sabe um dia, construir um Centro de Treinamento). 

Abrindo uma observação: Para mim, nos últimos 10 anos, os bons treinadores que passaram pelo Bangu foram: Roy e Mazolinha. O resto é o resto. Marcão tem que aprender bastante, a "começar pelo começo": divisões de base. Jogadores como Tiano, China e Pipico, esquece. Infelizmente, com todo respeito, estes honestos trabalhadores não servem e nem condizem COM A TRADIÇÃO BANGUENSE. Seria melhor irem para um Íbis da vida. Não voltem mais para a Zona Oeste.

Não posso deixar de destacar as participações ao longo deste imenso tempo:Os Srs. Andrew Procter, John Starck, José Villas Boas, Thomas Donohoe, Clarence Hibbs, Willian French, Willian Procter, Martinho Dumiense, José Medeiros, José Soares, Frederich Jacques e Thomas Hellowell;  Agradeço as Famílias Silveira e Andrade, que nos ajudaram demais(Estádio Proletário Guilherme da Silveira e times memoráveis nas décadas de 40/50 e 80) . No entanto, isto não bastou para o Bangu. Ao longo dos últimos 20 anos, o Bangu foi descendo a ladeira para o fundo do poço.  Em 2004, no centenário do clube, fomos merecidamente rebaixados. Amargamos 4 anos de Segunda Divisão no Carioca, até que respiramos e voltamos para a "Elite Carioca" em 2009. 

Começa o ano de 2012 e o time "Mulatinho Rosado", nas rodadas da Taça Guanabara, só levava pancadas. Pensei: "Ih, danou-se... Seremos rebaixados". Mas os "Deuses Futebolísticos" foram caprichosos e pelas bênçãos de Zizinho, Pinheiro, Guilherme da Silveira e Castor de Andrade, fomos agraciados pela fuga da segunda divisão novamente e por lá, não sairíamos mais, como está acontecendo com o América carioca. E, de quebra, estamos classificados para as semi-finais da Taça Rio e se passarmos humildemente para a final, quem sabe, o Bangu não conquiste a Taça Rio e ganhe o Campeonato Estadual. 


Tenho a consciência, ao saber que o Bangu tem uma longa jornada para se erguer do chão, com ou sem Jorge Varela na presidência, fazer uma re-estrutura completa no clube, sem empresas do tipo "Gotin" ou outras que estiveram por lá, e que nos fizeram "apequenar" perante as nossas próprias mediocridades, com contratações que nos fizeram entrar em um túnel sem fim, ao longo 23 anos( a partir de 1989 quando descemos para a Segunda Divisão no Campeonato Brasileiro). Escrevo e repito: O Bangu voltará a SER A QUINTA FORÇA DO RIO DE JANEIRO. Basta que nós, dirigentes, torcida e jogadores qualificados, fazer e saber com as nossas PRÓPRIAS PERNAS, sem ajudas de "mecenas", que nos fizeram ficar pequenos e esquecidos por um bom tempo(por culpa EXCLUSIVA NOSSA). SÓ DEPENDE DE NÓS, CAROS BANGUENSES: OU LEVANTAREMOS ESTE GIGANTE OU FAREMOS, MAIS UMA VEZ, UM "BRILHARECO" E DEPOIS DA TAÇA RIO, "PUF", VOLTAREMOS A SER PEQUENOS, DE FATO! 


Eu não quero mais ser "pequena" perante à nossa própria mediocridade e inoperância enquanto Banguense. 


Sou Bangu... Eternamente Bangu,

Isabela Guedes
blogdoradiocarioca@gmail.com

Comentários

Boa tarde:

Parabéns pelo belo texto e parabéns ao nosso Bangu Atlético Clube.

Luiz A. Vila Flor
Boa tarde:

Parabéns pelo belo texto e parabéns ao nosso Bangu Atlético Clube.

Luiz A. Vila Flor
Unknown disse…
Excelente texto minha nobre colega. obrigado por ajudar a revitalizar a memória e a tradição banguense
O Magro disse…
Lindas palavras, concordo totalmente com as palavras ditas.
Abraços
amar disse…
É uma alegria imensa saber que o bangu está sendo lembrado por voces. Abraços!.
Luis Guto D. disse…
Salve o Bangu!
Lembro-me daquela final do Brasileirão de 1985, contra o Coritiba... Eu, botafoguense (meio que forçado a ser vascaíno naquela época... hehehe), torci muito pelo time da Zona Oeste, e fiquei bravíssimo com o pênalti chutado pra fora pelo Ado...
Bons tempos, hem? =)
Que o Bangu volte a ser uma grande força!
Saúde e paz. =*

Postagens mais visitadas deste blog

Entrevista com o locutor Sérgio Moraes- "Dos Pampas aos Seringais"

Humor no Rádio Esportivo Carioca- Uma deliciosa crônica do GRANDE Roberto Porto